sexta-feira, 17 de maio de 2013

O brincador e a brincadeira da criança

PDFImprimirE-mail
Nas comunidades com Pastoral da Criança, acontece todo mês o Dia da Celebração da Vida e é muito bom que existam pessoas para organizar um espaço para as brincadeiras, enquanto os líderes pesam as crianças e conversam com suas famílias. Já temos os brinquedistas que atuam nesse dia, mas eles são poucos. Estamos querendo que a maioria das comunidades com Pastoral da Criança tenha um brincador.
Os brincadores podem ser, entre outros, adolescentes, idosos e os apoios dos líderes. Eles não precisam morar na comunidade, nem ser capacitados no Guia do Líder.
Os brincadores terão o compromisso de atuar, todo mês, no Dia da Celebração da Vida. Eles poderão ser convidados a atuar também em outros momentos como nas “Ruas do Brincar”, numa oficina de confecção de brinquedos, mas essa participação será opcional e não pode prejudicar a atuação deles no Dia da Celebração da Vida.
O brinquedista prepara as pessoas que quiserem se tornar brincadores. Eles irão atuar em comunidades próximas a que o brinquedista mora, a fim de que ele possa apoiar, orientar e acompanhar a atuação dos brincadores. Os líderes, que sempre estão presentes no Dia da Celebração da Vida, podem ajudar os brinquedistas observando a atuação deles.
Os brincadores, apesar de não precisarem fazer a capacitação no Guia do Líder, têm que participar da Oficina inicial de brincadores na qual será explicada a visão do brincar adotada pela Pastoral da Criança e como os brincadores irão atuar. Eles devem compreender que serão, basicamente, os facilitadores das brincadeiras das crianças. Essa preparação poderá ser feita em uma manhã ou tarde e terá como apoio o Dicas - O brincador e a brincadeira da criança. Depois outras oficinas poderão ser feitas pelo brinquedista que poderá usar como apoio seu livro Brinquedos e Brincadeiras na comunidade. Estamos estudando como vai ser feito o registro dos brincadores na FABS e também quanto ao envio do sacolão.
Os requisitos para ser brincador são simples: ter disponibilidade e compromisso para atuar todo mês no Dia da Celebração da Vida; participar da oficina inicial de preparação dos brincadores.
E então, gostaram da idéia? Esperamos que sim, pois acreditamos que assim a Ação Brinquedos e Brincadeiras vai estar presente em muitas comunidades e as crianças bem felizes por poderem brincar mais.
Márcia Mamede
Assistente Técnica da Pastoral da Criança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...